Imagem de: Hacker chefe de quadrilha é preso no RJ por desviar R$ 30 milhões

Hacker chefe de quadrilha é preso no RJ por desviar R$ 30 milhões

1 min de leitura
Avatar do autor

A Polícia do Rio de Janeiro prendeu na tarde de ontem (3) um homem chamado Newton Cesar Rocha de Castro. Newton era o principal alvo que estava solto da Operação Open Doors, nota o G1.

A Operação Open Doors denunciou cerca de 230 integrantes de uma quadrilha responsável por desviar mais de R$ 30 milhões de contas bancárias em 1 ano. Newton seria o hacker responsável por desenvolver os programas usados para invadir contas de vítimas; ele estava escondido em uma casa em Mirandópolis, bairro de São Paulo, quando foi encontrado por agentes cariocas. A polícia ainda afirma que o hacker planejava fuga para o Paraguai.

Caso você receba uma ligação e fique em dúvida, vale a pena desligar a chamada e buscar os canais oficiais

Em 2018, 29 pessoas suspeitas de integrarem essa quadrilha foram presas. Na época, foram 237 suspeitos denunciados e foram cumpridos 43 mandados de prisão e 40 de busca e apreensão em sete estados brasileiros.

As vítimas da quadrilha eram tanto pessoas físicas quanto empresas. Com dados pessoais nas mãos — exatamente estes que o TecMundo costuma publicar —, os cibercriminosos entravam em contato com as vítimas se passando por funcionários de bancos. Após a conversa, as pessoas acabavam sendo direcionadas para uma página falsa de banco e, por aí, dados bancários eram roubados.

Tudo acontecia de maneira rápida: assim que a conta corrente e senha era passado aos criminosos, eles levavam até 20 minutos para transferir quantias altas em dinheiro para contas de “laranjas”. O saque também era rapidamente efetuado.

hackerO hacker Newton Cesar Rocha de Castro era o principal alvo ainda solto da Operação Open Doors — Foto: Divulgação

Como se proteger

Neste caso, é importante lembrar: não atenda ligações do banco ou qualquer outro serviço. Se você precisar de algo, seja proativo e entre em contato buscando os canais oficiais. Caso você receba uma ligação e fique em dúvida, vale a pena desligar a chamada e buscar, novamente, os canais oficiais para um novo contato.

Fontes

Hacker chefe de quadrilha é preso no RJ por desviar R$ 30 milhões