O Google Stadia, novo serviço de streaming de jogos, possui um modo chamado Crowd Play. Ele permite que criadores de conteúdo, como youtubers, joguem diversos games com seus fãs e ainda transmitam as partidas. Tudo isso é muito bacana, porém, o Google não comentou como será o sistema de contenção contra abusos, desmonetização e trolls que chegam envolvidos nesse modo de jogo.

Será possível monetizar vídeos em que fãs de um canal participem e possam falar qualquer coisa?

Como nota o The Verge, youtubers poderão atrair trolls que aproveitam do Crowd Play para atrapalhar a criação de um conteúdo ou até abusar moralmente de um criador. A questão que fica é: qual será a proteção dada ao criador? Será possível monetizar vídeos em que fãs de um canal participem e possam falar qualquer coisa — e ouvir músicas de fundo (direitos autorais) — durante a partida?

O YouTube e o Google ainda não comentaram como tudo isso será lidado no Crowd Play, nem se os criadores de conteúdo poderão selecionar as pessoas que irão jogar e transmitir a partida. Mesmo assim, outras questões sobre a própria plataforma ainda existem (como preços e quando chega ao Brasil), então o Google deve responder todas essas questões em breve.

Cupons de desconto TecMundo: