O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou uma ordem executiva para diminuir os relatos de mortes de civis causadas por drones. A ideia é que o governo norte-americano deixe o número total “em segredo”, como afirma o Business Insider.

Entre 64 e 116 mortes de civis por ataques de drones em áreas sem combate entre 2011 e 2015

A ordem executiva toca no relatório anual feito pelo diretor da Inteligência Nacional, pedido pelo ex-presidente Obama, que mostra os números de mortos resultantes de operações estadunidenses em áreas “sem combate” fora dos Estados Unidos. Agora, Trump quer revogar o relatório.

A medida de Obama nasceu em 2016 após pressão sobre transparência no uso de drones. As áreas mais afetadas por este tipo de operação são: Paquistão, Somália e Iêmen. A partir de agora, Trump pretende relatar as mortes que ocorram apenas em “áreas de atividades hostis”, envolvendo Iraque e Síria.

droneDrones dos EUA

Entre 2009 e 2016, os Estados Unidos relataram 117 mortes de civis por drones. Um relatório de 2017 não foi revelado pelo governo. Já o relatório da Inteligência Nacional mostra entre 64 e 116 mortes de civis por ataques de drones em áreas sem combate entre 2011 e 2015.

O governo de Donald Trump realizou 2.243 ataques de drones em dois anos na Casa Branca

Segundo o diretor da União Americana das Liberdades Civis, Hina Shamsi, “a decisão vai esconder do público a contagem do próprio governo do número total de mortes que causa a cada ano em seu programa de força letal”. Adam Schiff, da ala democrata do Comitê de Inteligência da Casa, disse que a nova medida não tem justificativa e que ela era “uma importante medida de transparência”.

Já em áreas de combate, o Bureau de Jornalismo Investigativo acredita que aconteceram mais de 1,7 mil mortes desde 2004, baseados em dados do próprio governo além de relatos de mídia e equipes locais.

Outros dados mostram que o governo de Donald Trump realizou 2.243 ataques de drones em dois anos na Casa Branca. Obama realizou 1.878 ataques durante seu mandato de oito anos.

Cupons de desconto TecMundo: