Bolsonaro vai decidir se Huawei entra no Brasil, diz ministro Marcos Pontes

1 min de leitura
Imagem de: Bolsonaro vai decidir se Huawei entra no Brasil, diz ministro Marcos Pontes
Avatar do autor

O ministro Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), afirmou que apenas o presidente Jair Bolsonaro poderá decidir se a fabricante chinesa Huawei entra no mercado brasileiro ou não. Segundo o Mobile Time, a resposta do ministro foi divulgada no evento MWC19, que acontece em Barcelona, na Espanha.

“O Ministério da Ciência e Tecnologia não tem como fazer qualquer interferência geopolítica. A nossa posição é mais técnica. A decisão sobre a fabricante chinesa Huawei caberá ao presidente Bolsonaro”, afirmou.

A Deustche Telecom afirmou que, se a Huawei fosse banida, o adiamento da tecnologia 5G na Alemanha seria de pelo menos 3 anos

A decisão de Marcos Pontes acaba tendo um caráter político-ideológico. Isso porque o Brasil já possui dependência da tecnologia da Huawei, principalmente no que toca a telecomunicações e novas tecnologias — como o 5G.

Os Estados Unidos passam por uma tensão com a Huawei, afirmando que a gigante chinesa faz espionagem no país. Por outro lado, a Huawei deixa claro que os EUA agem contra a companhia sem evidências.

Um dos exemplos sobre essa questão aconteceu na Europa. A alemã Deustche Telecom afirmou que, se a Huawei fosse banida, o adiamento da tecnologia 5G na Alemanha seria de pelo menos 3 anos.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Bolsonaro vai decidir se Huawei entra no Brasil, diz ministro Marcos Pontes