Pesquisadores da empresa de cibersegurança ESET encontraram na dark web os preços para alguns serviços hacker, que envolvem desde ataques de negação de serviços até os famosos ransomwares — alô, WannaCry.

Segundo o Terra, as ofertas de ransomware são as que mais chamam a atenção. Vendidos como pacotes de software legalizados, os arquivos maliciosos até contam com suporte técnico e atualizações, além de planos de pagamento para uso.

A indústria de malware está virando uma 'indústria de softwares'

Um deles é o ransomware Ranion, que possui planos de assinatura por US$ 120 ao mês e planos com mais permissões por US$ 1,9 mil anuais. Sobre invasão de servidores por meio de acesso remoto (RDP), os preços variam entre US$ 8 e US$ 15 por acesso.

Sobre ataques de negação de serviço (DDoS), cibercriminosos alugam os próprios servidores e vendem pacotes de US$ 60 por três horas de uso da rede botnet.

De acordo com Tony Anscombe, especialista da ESET em dark web, “a indústria de malware deixou de ser inesperada e, atualmente, apresenta características parecidas com uma empresa de software”, alertou Tony Anscombe, especialista da ESET em dark web.

Cupons de desconto TecMundo: