Um grupo de oito homens foi preso pela Polícia Metropolitana de Tóquio, no Japão, após uma investigação concluir que eles teriam conexões com um golpe de criptomoedas que rendeu 7,8 bilhões de ienes (US$ 68 milhões) roubados de aproximadamente 6 mil pessoas. As informações são do jornal local The Asahi Shimbun.

De acordo com o jornal, seis dos suspeitos já confessaram fazer parte do esquema, que envolvia convencer as pessoas a comprar bitcoin com promessas de lucros de até 20% em cima do valor investido. O grupo dizia trabalhar com uma empresa de investimentos norte-americana, chegando a organizar palestras para interessados e publicar vídeos no YouTube alimentando falsas expectativas.

Como descreve o jornal, o golpe tem todas as características de um esquema de pirâmide, pois incentivava as pessoas interessadas a convidar mais conhecidos para investir e supostamente aumentar os lucros de ambos. Todo o valor era coletado pelo grupo em dinheiro com a promessa de que seria trocado por bitcoins.

Segundo a polícia, o grupo não tinha registrado as operações nos órgãos responsáveis e tentou utilizar a criptomoeda como forma de escapar de uma posição condenação, já que esse tipo de transação ainda não é citado especificamente pelas leis locais. Cerca de 73 vítimas do golpe estão processando os envolvidos.

Cupons de desconto TecMundo: