NSA afirma que China violou acordo ‘anti-hack’ com Estados Unidos

1 min de leitura
Imagem de: NSA afirma que China violou acordo ‘anti-hack’ com Estados Unidos
Avatar do autor

A Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) afirmou que a China violou um acordo realizado em 2015 encerrando a ciberespionagem entre os dois países. Segundo a Reuters, a afirmação foi feita por Rob Joyce, consultor de cibersegurança no governo Donald Trump.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da China não concorda com a NSA

“Embora não seja preto-no-branco, [a China] cumpriu o acordo ou não cumpriu o acordo, está claro que eles estão muito além dos limites atuais do acordo que foi firmado entre nossos países”, disse Joyce.

Apesar disso, o consultor notou que quantidade de ataques realizados pelo país asiático caíram “dramaticamente” desde 2015, após o acordo entre o ex-presidente estadunidense Barack Obama e o presidente chinês Xi Jinping.

A Reuters ainda comenta que a China se opõe “firmemente” contra essas alegações, segundo o ministro Hua Chunying. "As acusações dos EUA não têm base factual. China se opõe firmemente a eles. Pedimos aos EUA a parar com sua crítica infundada à China e a encontrar a China no meio do caminho, salvaguardando conjuntamente o ímpeto de cooperação e comunicação entre os dois países no campo da segurança cibernética", disse Hua.

Enquanto isso, nem a NSA ou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China responderam os pedidos de novos comentários em caráter oficial.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
NSA afirma que China violou acordo ‘anti-hack’ com Estados Unidos