Apple libera download de dados pessoais em alguns países

1 min de leitura
Imagem de: Apple libera download de dados pessoais em alguns países
Avatar do autor

A Apple liberou para parte de seus usuários uma ferramenta para download de dados pessoais compartilhados com a empresa. O recurso está disponível apenas em quatro países por enquanto (Austrália, Canadá, Estados Unidos e Nova Zelândia) e permitem que todas as informações associadas a uma Apple ID sejam baixadas pelo dono da conta.

Tais dados incluem, por exemplo, agenda, fotos, contatos, atividades de jogos, lembretes, documentos guardados no iCloud e histórico de compra. Para fazer isso, é necessário usar o site da empresa e solicitar o download das informações, que serão entregues em seu email em até sete dias após a solicitação.

AppleApple "cutuca" Google e Facebook em seu portal de privacidade. (Fonte: Apple/Reprodução)

A Apple até lançou um portal de privacidade no qual detalha um pouco os seus esforços para garantir a confidencialidade das informações de seus usuários. Na página, ela cita que “suas informações pessoais são úteis para você. E para mais ninguém", uma possível “cutucada” nas rivais Facebook e Google, que trabalham com venda de publicidade e recentemente tiveram problemas com a privacidade de seus usuários.

Como o portal da Apple já está disponível em português brasileiro, é plausível imaginar que a possibilidade de baixar os seus dados armazenados pela Maçã chegue por aqui em breve, mas ainda não há uma data específica para isso.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple libera download de dados pessoais em alguns países