O reconhecimento facial, em breve, vai cobrir todas as ruas de nossas cidades. Na China, isso já é uma realidade. A discussão sobre privacidade, nesse caso, é válida. Então, como fugir dos olhos de câmeras que podem reconhecer rostos de milhares de pessoas ao mesmo tempo? Pintando o rosto. Especificamente, pintar a cara como um palhaço.

A descoberta foi feita pelo pesquisador de segurança Tahkion. No Twitter, o pesquisador comentou que descobriu o “recurso” ao observar o grupo de hip hop Insanse Clown Posse — os integrantes pintam o rosto como palhaços para alterar as feições do rosto durante uma apresentação. Dessa maneira, o pesquisador percebeu que sistemas de reconhecimento facial “ficavam loucos” por causa da pintura, segundo o jornal Xataca.

O método infalível para fugir das câmeras de reconhecimento facial, até agora, é pintar o rosto

“Para qualquer um que esteja se perguntando por que algumas mudanças no rosto evitam o reconhecimento facial e outras não, aqui está uma imagem de como os marcos são colocados em alguns exemplos. A maquiagem ‘juggalo’ é particularmente eficaz, pois totalmente redefine o que é interpretado como o queixo”, comentou o pesquisador.

Juggalo é o fã desse grupo Insanse Clown Posse. A pintura, como você vê nas imagens, segue um padrão específico de palhaço — e esse padrão que deixa os sistemas de reconhecimento facial bem loucos, principalmente ao mexer com a linha do maxilar.

Um sistema de reconhecimento facial utiliza a distância entre pontos comuns em rostos para trabalhar. Ou seja: a maquiagem distorce essa interpretação realizada entre boca, nariz, olhos e queixo.

  • Obviamente, ninguém vai andar na rua pintado de palhaço apenas para fugir das câmeras. Contudo, a discussão está aí: como ter privacidade?

Cupons de desconto TecMundo: