Depois de uma batalha judicial com o FBI nos EUA, a Apple se manteve firme e não liberou nenhum tipo de crack para a polícia desbloquear iPhones de criminosos, temendo que a simples existência de uma ferramenta como essa pudesse cair nas mãos de hackers. Contudo, divisões policiais no mundo todo já conseguiram driblar isso usando equipamentos especializados. Acontece esses aparelhos se tornarão essencialmente inúteis muito em breve.

Isso porque, para esses aparelhos funcionarem, o iPhone alvo precisava ter sido desbloqueado pelo usuário há pelo menos uma semana. Com uma nova atualização no iOS, a empresa diminuiu esse tempo para 1 hora. A funcionalidade ou “brecha” que permite isso precisa estar no sistema para não bloquear o usuário de verdade por acidente, mas a diminuição do tempo vai praticamente impossibilitar que um iPhone roubado ou apreendido pela polícia possa ser desbloqueado por esses dispositivos especializados.

iphoneDesbloqueadores de iPhones usados por forças policiais

Isso, claro, caso os hackers ou a polícia trabalhem absurdamente rápido, conseguindo tirar o celular do usuário e chegar a um laboratório que possua o equipamento necessário. Só o tempo de prender alguém, levar para a delegacia e retirar a posse dos pertences pode levar mais que uma hora. Nesse caso, o aparelho já estaria totalmente seguro.

Em uma situação de perigo, o usuário pode também simplesmente tocar cinco vezes no botão home do smartphone para que ele desative a biometria e só permita o desbloqueio com a senha correta, o que também neutraliza a ação de hackers e da polícia.

Não criamos nossas melhorias em segurança para frustrar os esforços da polícia em seu trabalho

Em um comunicado ao Engadget, entretanto, a Apple explicou que o foco dessa atualização é a privacidade do usuário e não algo contra o trabalho da polícia. “Estamos constantemente reforçando as proteções de segurança de todos os produtos da Apple para ajudar consumidores a se defender de hackers, roubo de identidade e roubo de dados. Temos o maior respeito pelo trabalho dos oficiais da lei, mas não criamos nossas melhorias em segurança para frustrar os esforços dessas pessoas em seu trabalho”, disse um porta-voz da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: