Um vídeo da Google até então secreto foi revelado hoje (18) pelo The Verge. Chamado de "The Selfish Ledger" e criado em 2016 por Nick Foster, líder de design na divisão X da Google, o vídeo de 8 minutos mostra como os nossos dados pessoais e sensíveis poderão ser usados por empresas para recomendar produtos, estilo de vida e até ditar o nosso comportamento de maneira direta.

No vídeo, a Google mostra como a premissa de propagação de dados em genes acontece ao longo dos anos. Após uma longa introdução, citando até o trabalho de Darwin e Dawkins, a empresa declara: os dados "não só rastreiam o nosso comportamento, mas oferecem orientação para um resultado desejado".

"Nós entendemos se isso é algo perturbador — ele foi projetado para ser", disse a Google

Dispositivos feitos via impressora 3D, transações de dados diversos e indicações de comportamento via aplicativos, está tudo no vídeo. Infelizmente, ele ainda não foi legendado para o português, mas você poderá conferir tudo ao final da matéria.

Ao The Verge, a Google comentou o seguinte: "Nós entendemos se isso é algo perturbador — ele foi projetado para ser. Este é um experimento mental da equipe de design de anos atrás que usa uma técnica conhecida como 'design especulativo' para explorar ideias e conceitos desconfortáveis para provocar discussão e debate. Não está relacionado a nenhum produto atual ou futuro".

Acompanhe abaixo o vídeo vazado

Cupons de desconto TecMundo: