O que mais nos incomoda em jogos onlines são os hackers e quase nenhum game está a salvo. Isso pode acontecer na forma de pessoas se beneficiando de forma ilegal até pessoas fazendo o servidor online cair para que ninguém mais consiga acessar.

A Blizzard, descontente com a atitude de um cidadão romeno chamado Calin Mateias, o acusou de cyber-ataque na justiça. Isso porque, durante 2010, o rapaz atacou os servidores europeus de WoW, fazendo-os cair durante um tempo e causando cerca de 30 mil dólares de prejuízo para a empresa.

Calin foi condenado a um ano de prisão federal nos Estados Unidos e sentenciado a pagar o valor dos prejuízos dados à Blizzard pelo ataque. Ao que parece, Calin resolveu atacar o servidor europeu de World of Warcraft após ter brigado com outros jogadores por uma divisão de loot e participação em grupos de raids.

Ele só não sabia que a verdadeira vingança seria da Blizzard, em um prejuízo para ele que custaria cerca de US$ 30 mil dólares. Em fevereiro, ele se declarou culpado da acusação e isso levou à sua sentença decidida pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Mateias foi extraditado da Romênia e já está em custódia do governo norte-americano para cumprir a pena.

Jogador de WoW é condenado a um ano de prisão por ataques DDoS via Voxel

Cupons de desconto TecMundo: