A GrayShift desenvolveu uma pequena caixa que pode desbloquear iPhones em "pouco tempo", mais conhecido como GrayKey. Esse pedaço de hardware vem fazendo tanto sucesso que, segundo alguns rumores, diversos departamentos policiais dos Estados Unidos já contam com o dispositivo para invadir aparelhos de suspeitos.

Enquanto o produto da GrayShift é uma clara violação no que toca privacidade do usuário, agora a empresa começou a enfrentar um pouco até do próprio veneno: hackers estão extorquindo a empresa.

Há algumas semanas, pedaços de código do GrayKey vazaram na internet e, para mais códigos não vazarem, o hacker por trás da ação está exigindo um pagamento de US$ 19 mil ou mais de 2 bitcoins da empresa.

  • De acordo com a GrayShift, o hacker enviou a seguinte mensagem:

messageMensagem

Caso você não saiba, a GrayKey tem a capacidade de desbloquear iPhones com senha. Não importa a versão: ele realiza o trabalho tanto em smartphones com iOS mais antigos até o iPhone X, lançado no final do ano passado. A GrayShift confirmou a tentativa de extorsão.

É interessante notar que os hackers cobram cerca de US$ 15 mil da empresa, que é o mesmo preço de apenas uma unidade do GrayKey.

Cupons de desconto TecMundo: