Os desenvolvedores da Mojang fizeram uma publicação comentando um pouco sobre a polêmica envolvendo as skins de Minecraft: Java Edition. No caso, alguns relatos indicavam que as skins poderiam injetar malware no computador de usuários.

"Qualquer jogador de Minecraft: Java Edition pode fazer o upload de sua própria skin personalizada no formato de arquivo PNG, que é amplamente utilizado para o nosso webservice no minecraft.net e isso aparecerá no seu personagem no jogo. Os arquivos PNG podem conter outras coisas além de uma imagem, como metadados, que incluem informações sobre qual ferramenta a criou, quando foi feita, quem a criou etc. Isso significa que os arquivos PNG podem ser criados contendo código nessa parte inerte do arquivo de skin. No entanto, este código não seria executado ou lido pelo próprio jogo", deixou claro a equipe.

Isso significa que, mesmo se um código malicioso não for detectado pelo antivírus, o código não terá a capacidade de rodar via Minecraft. "Porém, para proteger nossos jogadores, implementamos uma atualização que retira todas as informações dos arquivos enviados da skin, além dos próprios dados da imagem".

Cupons de desconto TecMundo: