O Facebook quer limpar a própria imagem e está lançando nesta terça-feira (10) o programa Data Abuse Bounty. Como um "bug bounty", o programa vai recompensar pessoas que denunciarem qualquer uso indevido de dados por desenvolvedores de aplicativos.

A decisão vem após o escândalo da Cambridge Analytica, que utilizou os dados pessoais de usuários do Facebook para fins políticos

"Nos comprometemos a lançar este programa há algumas semanas como parte de nossos esforços para descobrir com mais velocidade potenciais abusos em relação às informações das pessoas. O Programa Data Abuse Bounty, inspirado no programa semelhante que temos para identificar bugs e solucionar problemas de segurança, nos ajudará a descobrir possíveis violações de nossas políticas", comentou o Facebook.

O Facebook comentou que vai pagar delatores que tiverem "conhecimento e comprovação de que um aplicativo dentro da plataforma do Facebook coleta e transfere dados das pessoas para um terceiro que os venderá, roubará ou os usará para golpes ou até influência política".

Valores não foram comentados pela rede social sobre o programa específico, contudo, o Facebook reiterou que já pagou mais de US$ 40 mil para pessoas que descobriram bugs na plataforma.

"Analisaremos todas as denúncias feitas e responderemos o mais rápido possível quando identificarmos uma ameaça às informações das pessoas. Se confirmarmos o abuso de dados, encerraremos o aplicativo ofensor e tomaremos medidas legais contra a empresa que está vendendo ou comprando os dados, se necessário. Pagaremos a pessoa que denunciar o problema e também alertaremos aqueles que acreditamos que tenham sido afetados. Este é o nosso primeiro programa deste tipo e por isso pode mudar à medida que aprendemos e recebemos o seu feedback".

Cupons de desconto TecMundo: