Pesquisadores da Fudan University, na China, ao lado da empresa Alibaba, tiveram sucesso ao ultrapassar a barreira de segurança Face ID, presente nos Apple iPhone X. Por incrível que pareça, a principal ferramenta para burlar o software foi um boné de beisebol.

O software de reconhecimento facial da Apple foi enganado da seguinte maneira: os pesquisadores prenderam pequenos LEDs dentro do boné. Os LEDs emitiam infravermelho em pontos estratégicos no rosto do usuário para alterar "pontos de interesse", em uma técnica conhecida como "adversarial learning" (algo como aprendizagem contraditória, literalmente).

Dessa maneira, utilizando um sistema chamado FaceNet, os pesquisadores conseguiram similar a "aparência de figuras públicas" em 70% das tentativas, tornando possível burlar o reconhecimento facial. "As técnicas de reconhecimento facial ainda estão longe de serem seguras e confiáveis quando aplicadas a cenários críticos como autenticação e vigilância", comentaram os pesquisadores.

iphone xReconhecimento facial

  • Você pode acompanhar todos os detalhes da construção do boné clicando aqui.

Cupons de desconto TecMundo: