Você já parou para pensar que, andando por aí, o seu rosto pode estar sendo capturado por todo tipo de câmera de vídeo ou de foto? Além disso, imagine se esses dispositivos que registram sua face também estiveram armazenando esses dados e gerando identificação de você mesmo sem sequer você saber.

O que se sabe é que câmeras escondidas captam a foto dos frequentadores da arena e as compara com alguns bancos de dados de imagens

Pois é exatamente isso que vinha acontecendo no Madison Square Garden, a famosa arena multiuso localizada no centro de Nova York, nos Estados Unidos. Segundo apurou o jornal The New York Times, a administração do local andou usando secretamente um sistema que registrava e identifica o rosto das pessoas que frequentaram a arena recentemente. Assim, caso você voltasse lá, já sabiam que você havia estado no Madison Square Garden antes.

Informações limitadas

Como nenhuma das informações é oficial, é complicado obter mais detalhes sobre o sistema usado, desde quando que está em funcionamento, em quais eventos foi utilizado e o que mais gira em torno disso. O que se sabe é que câmeras escondidas captam a foto dos frequentadores da arena e as compara com alguns bancos de dados de imagens e o que foi dito ao jornal norte-americano por meio dessa nota: “O MSG continua a testar e explorar o uso de novas tecnologias para garantir que estamos empregando os procedimentos de segurança mais eficazes para proporcionar uma experiência segura e maravilhosa para os nossos clientes”. É, nem um pouco esclarecedor.

A tecnologia e seu emprego nessa área não é novidade, porém. Um porta-voz do time de basquete Sacramento Kings disse que a instalação de treinamento da equipe conectada ao Golden 1 Center está usando a tecnologia para liberar a entrada dos jogadores e membros da equipe. O Dallas Mavericks também está experimentando a tecnologia fora do vestiário da equipe.

Cupons de desconto TecMundo: