Milhares de investidores na Áustria e em outros países europeus foram vítimas de um golpe envolvendo bitcoins segundo autoridades da cidade de Viena. O esquema, chamado Optioment, vem apresentando cada vez mais afetados que registram suas reclamações em delegacias da capital austríaca e pode ter atingido até 10 mil pessoas. Calcula-se que cerca de 12 mil bitcoins (US$ 115 milhões, ou R$ 372 milhões) podem ter sido extraviados.

Passando-se por um fundo de criptomoedas privado com base na Costa Rica, o Optioment prometia retornos altos demais para os investidores

A Polícia Federal austríaca já identificou duas pessoas que são acusadas de fraude nessas queixas e estão buscando identificar vários outros, incluindo alguns no exterior. As autoridades do país também pedem a ajuda da Interpol para desvendar o esquema, que pode envolver suspeitos na Dinamarca, Alemanha e Letônia, mas nenhuma prisão ainda foi feita.

O golpe

O esquema era composto por um site – que agora está fora do ar – e realizava eventos com a participação de até 700 investidores na Áustria. O golpe prometia retornos de até quatro por cento por semana para os bitcoins depositados e ainda recompensava investidores que atraíram novos usuários para o sistema, o que configura em esquema de pirâmide.

Passando-se por um fundo de criptomoedas privado com base na Costa Rica, o Optioment prometia retornos altos demais para os investidores, o que atraiu muita gente a colocar seus bitcoins no esquema apenas para perdê-los. Em novembro, o site saiu do ar e deixou os investidores – que podem ser também de outros países, como Polônia, Alemanha e Romênia – a ver navios sem seus valiosos bitcoins. A investigação deve continuar nos próximos dias.

Cupons de desconto TecMundo: