Há algum tempo, em 2012, o LinkedIn sofreu um grande vazamento no qual 6,5 milhões de contas acabaram nas mãos de cibercriminosos. No ano passado, foi pior: um pacote com 167 milhões de contas da rede social caiu nas mãos dos criminosos. Agora, ao que parece, eles estão tentando levantar uma grana com isso, já que um pacote com 159 milhões de logins e senhas do LinkedIn está sendo vendido por US$ 149 (R$ 480 na cotação atual) em bitcoins na internet.

Segundo Ialle, do perfil @MalwareHunterBR e que descobriu o documento de venda, o link de venda das contas já teve mais de 11 mil cliques.

"Esse vazamento inclui 418.128.998 dados. Apenas abra a base de dados com seu editor de texto favorito e use Ctrl + F para encontrar o email que deseja hackear. Prova do conteúdo em 100 linhas de dados da base abaixo. O formato é email:senha", diz um texto acompanhando o link de venda no Pastebin.

Vale notar que, no ano passado, pacotes com milhões de senhas do LinkedIn eram vendidos por até US$ 2,2 mil. Para saber se você teve a sua conta vazada, pode checar no site Have I Been Pwned.

Cupons de desconto TecMundo: