Pesquisadores da UpGuard descobriram uma base de dados com informações sensíveis de mais de 123 milhões de residências norte-americanas. O achado, segundo a UpGuard, é um repositório armazenado em nuvem e possui dados como: endereço de residência, idade, sexo, formação educacional, profissão, relacionamento e números telefônicos.

Como já citamos em outros vazamentos e falhas anteriores — Netshoes e Mastercard, por exemplo —, com esses dados em mãos, cibercriminosos podem realizar desde golpes de spam e phishing customizados até golpes de fraude de identidade. Por outro lado, criminosos também podem planejar com mais facilidade outros tipos de crime no mundo real.

A UpGuard nota que a base de dados foi deixada online pela empresa de marketing analítico Alteryx.

"Os dados expostos seriam inestimáveis para comerciantes sem escrúpulos, spammers e ladrões de identidade", disseram os pesquisadores. "Com um grande banco de dados de potenciais vítimas para pesquisa — com detalhes como 'propriedade hipotecária', uma questão de verificação de segurança comum — o preço poderia ser muito maior do que apenas essa publicidade ruim".

Cupons de desconto TecMundo: