Segundo informou o Departamento de Justiça norte-americano, um dos responsáveis pela criação do botnet Mirai – que assolou computadores e derrubou sites no ano de 2016 – foi preso. Paras Jha se declarou culpado dos crimes cibernéticos ontem (12), segundo pôde ser apurado em documentos judiciais federais.

O botnet Mirai foi usado para infectar uma grande quantidade de dispositivos conectados à internet, incluindo webcams e registros de vídeo, que foram transformados em um exército digital de bots que lançou uma série de ataques em sites e infraestruturas da rede.

Esses ataques incluíram um em outubro de 2016 em uma empresa de infraestrutura de internet conhecida como Dyn, que interrompeu o acesso a grandes empresas, como TwitterPaypal e Spotify.

Cupons de desconto TecMundo: