Toda vez que uma nova funcionalidade chega a uma plataforma há risco de que hajam falhas e brechas suscetíveis a invasões. Desta vez, o problema afetou as enquetes da versão web do Facebook: um pesquisador de segurança conseguiu apagar as fotos de outras pessoas explorando um bug na identificação das mesmas.

Ao testar a novidade, Pouya Darabi notou que a rede social enviava uma requisição aos servidores com o valor de uma ID para a foto ou GIF que representava a questão. Ele afirmou que era possível trocar essa numeração por qualquer outra localizada no sistema do Facebook, mesmo a de outras pessoas.

BUG FACEPesquisador mostra onde ficavam as identidades das imagens

Assim, era criada uma nova representação gráfica, mesmo se os proprietários originais não liberassem esse conteúdo como público. Ao deletar a enquete, a figura “roubada” de outras contas ia junto para o limbo. Ou seja, o cara podia adivinhar o “RG” de uma ilustração que você enviou para o Facebook e usá-la como “avatar” da pergunta dele. Ao apagá-la, o seu material também ia para o lixo, mesmo sem a sua autorização.

Confira o vídeo em que ele prova isso:

A boa notícia é que a companhia consertou o erro assim que Darabi encontrou-o, no início de novembro. Ele foi recompensado pelo programa de descobertas de bugs, com um prêmio de US$ 10 mil.

Cupons de desconto TecMundo: