O iOS 11 foi liberado pela há alguns dias e, se você não tinha muitos motivos para atualizar o seu iPhone, agora talvez mude de ideia. Segundo Gal Beniamini, pesquisador de segurança do Google Project Zero, os chips WiFi da Broadcom presentes nos iPhones possuem uma vulnerabilidade grave.

A vulnerabilidade de segurança encontrada (CVE-2017-11120) permite que um atacante tome controle remoto do iPhone via redes WiFi. De acordo com o pesquisador, a brecha foi corrigada pela Apple no lançamento do iOS 11.

Um cibercriminoso pode ter controle total do iPhone com iOS 10 via WiFi

Para tomar controle do iPhone, tudo que um invasor precisa é do endereço MAC ou ID da porta de rede do aparelho. Com uma dessas informações em mãos — que não são difíceis de obter —, um atacante pode instalar um backdoor no firmware do chip WiFi (BCM4355C0) da Broadcom, permitindo que ele acompanhe e escreva comandos no firmware. Dessa maneira, ele obtém o controle remoto do iPhone.

A pesquisa indica que essa vulnerabilidade pode afetar dispositivos da Apple que utilizem sistema operacional iOS até a atualização 10.3.3. A brecha ainda afeta Apple TVs, Android Tvs e alguns aparelhos Android que utilizam chips Broadcom.

Dessa maneira, fica o aviso para atualizar rapidamente o iOS.

Cupons de desconto TecMundo: