A WikiLeaks publicou hoje (31) uma página com mais de 21 mil emails verificados e associados ao presidente francês Emmanuel Macron. Os 21.075 emails foram trocados entre o dia 20 de março de 2009 até 24 de abril de 2017.

Segundo a WikiLeaks, a veracidade dos emails foi comprovada pelo sistema forense DKIM e trazem assuntos como a campanha presidencial de Macron. A plataforma também comenta que teve acesso a 71.848 emails com 26.506 anexos de 4.493 remetentes diferentes, mas postou apenas os 21 mil que já verificou a autenticidade.

Algumas mensagens de Macron já haviam vazado em maio deste ano, causando impacto no país. No caso, elas também tocavam sobre na campanha de Macron, que derrotou nas urnas a líder de extrema direita Marine Le Pen.

Os novos documentos foram postados recentemente, por isso, ainda falta uma análise maior sobre os conteúdos divulgados. Quanto tivermos mais atualizações, você poderá acompanhar aqui no TecMundo.

WikiLeaks

Cupons de desconto TecMundo: