A Netflix continua crescendo em todo o mundo e já atua em quase todos os países. Com conteúdos cada vez mais completos, o serviço vem chamando muito a atenção de consumidores espalhados por todo o planeta, mas você pode imaginar que nem todos estão dispostos a pagar para ter acesso aos conteúdos de streaming da Netflix.

Assim como você imagina isso, quem também sabe dessa situação são os crackers, que — como sempre — estão à espera de vítimas desavisadas que estejam prontas para clicar em links maliciosos. Como você já deve ter percebido, estamos falando sobre ataques que utilizam a Netflix como isca.

De acordo com analistas brasileiros da Kaspersky Lab, há “trojans sendo disseminados por meio de tutoriais e geradores de logins disponíveis na web, que prometem dar acesso ao Netflix gratuitamente”. Eles ainda afirmam que os tipos de malwares que mais estão sendo utilizado são keyloggers — usados para roubar dados financeiros da vítima — e RATs — que permitem com que o golpista controle a máquina infectada.

Phishing também

Os analistas lembram que a disseminação de malwares vem sendo feita também por meio de falsas promoções. Geralmente começando com emails informando supostos novos recursos ou indicando promoções “imperdíveis”, esses ataques direcionam os usuários para páginas que pedem “informações de acesso do usuário e o número do seu cartão de credito”.

Não acredite em promoções

Mercado negro de assinaturas

É importante dizer que esses ataques não roubam apenas dados bancários dos consumidores. De acordo com a Kaspersky Lab, há muitos assinantes da Netflix que têm as credenciais do serviço roubadas e então revendidas para pessoas dispostas a pagar menos pelo acesso indevido.

Os analistas dizem: “Em um dos portais, o internauta pode acessar por três dias o serviço sem pagar nada, já uma assinatura mensal usando um login roubado custa apenas R$ 10. Uma conta completa, com acesso simultâneo em até quatro dispositivos e por tempo indeterminado, é comercializada por R$ 20 (contra R$ 30 reais no serviço legítimo)”.

“O roubo do login do Netflix pode inviabilizar o acesso do proprietário ao serviço, pois muitas contas não possuem o acesso simultâneo e pelo fato de o criminoso ter acesso a suas informações de pagamento, como o cartão de crédito”, explica Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky no Brasil.

Mercado ilegal e movimentado

Como proteger sua conta

Os analistas da Kaspersky afirmam que não existem mecanismos de proteção em duas etapas na Netflix, por isso é preciso ficar atento a alguns detalhes:

  • 1. Use senhas únicas e fortes
  • 2. Fique de olho na proteção das páginas
  • 3. Cadastre seu número de telefone para recuperar senhas
  • 4. Não acredite em promoções mirabolantes
  • 5. Não clique em links suspeitos
  • 6. Não seja espertinho comprando logins roubados e geradores

......

Você já suspeitou de ataques relacionados à Netflix? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: