A PSafe, dona do aplicativo PSafeTotal, fez um levantamento no mercado brasileiro no mês de novembro e registrou um crescimento alarmante no número de ameaças virtuais. Segundo dados da empresa, 4,458 milhões de malwares foram bloqueados no último mês, somando um crescimento de 11,3% em relação a outubro.

Na lista dos cinco mercados mais visados, Minas Gerais registrou o maior crescimento de tentativas de ciberataques (14%), subindo de 318 mil em outubro para 362 mil no mês passado. Bahia e Pernambuco registraram incremento de 11%, São Paulo teve alta de 6% e Rio de Janeiro, 4%.

“Hackers tendem a aproveitar eventos como a Black Friday, no qual há um aumento significativo de compras online, para intensificar as tentativas de golpe. Neste ano, identificamos os adwares como uma das principais ferramentas para enganar o usuário de smartphones, possibilitando o roubo de dados pessoais e financeiros", analisa Marco DeMello, CEO da PSafe.

De acordo com o mapeamento, foram bloqueadas mais de 2,8 milhões de propagandas maliciosas (adwares) em dispositivos Android durante o período, ultrapassando o volume de trojan. As tentativas de infecções por meio de Adware, software malicioso responsável pela exibição excessiva de propagandas, totalizaram 63%, mais da metade das 4,458 milhões de ciberameaças barradas pelo aplicativo PSafe Total.

Em segundo lugar no ranking, aparece o trojan (31%), que é uma porta de entrada para uma série de outras ameaças mais sérias à segurança do usuário de dispositivos conectados. Os dados do Mapa de Ameaças Digitais do Brasil foram coletados a partir das tentativas de ataques barradas pelo PSafe Total.

Você encontrou algum malware ou pegadinha durante a Black Friday? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: