Embora seja difícil não ficar empolgado com a notícia de que a SEGA vai começar a disponibilizar gratuitamente seu catálogo clássico de jogos nos celulares, alguns fãs mais exigentes não estão exatamente felizes com a forma como isso vem sendo feito. Aparentemente, para uma parcela dos fãs da empresa, os games oferecido na coletânea SEGA Forever deixam bastante a desejar quanto o assunto é qualidade de emulação. E é nesse tema que a treta fica ainda mais complicada

Vocalizando parte desse descontentamento com a engine utilizada para a reprodução de títulos icônicos dos video games como Altered Beast, Sonic The Hedgehog e Kid Chameleon – entre outros –, a equipe do emulador RetroArch foi às redes sociais para criticar a sua quase parceira. Ao que parece o programa foi sondado pela SEGA para ser o motor gráfico por traz de seu projeto mobile, mas uma série de exigências feitas pelos japoneses acabou fazendo com que o negócio não fosse levado adiante e a Unity entrasse na jogada.

“Pedimos desculpas a todas as pessoas que estão enfrentando um desempenho sofrível com toda essa coisa da Unity. Eles poderiam estar usando o RetroArch agora se não tivessem sido tão teimosamente insistentes em exigir que relicenciássemos todo o nosso software”, explicou o grupo. Segundo eles, o contrato faria com que o time por trás do emulador perdesse todos os seus diretos sobre o produto e, de quebra, não teriam seu logo ou qualquer tipo de divulgação no app final.

No tweet – que inclusive fala que o uso do RetroArch e da API Libretro faria com que os jogos pudessem rodar também em desktops e ter um modo online – é uma resposta direta à performance sofrível que alguns usuários estão encontrando junto ao aplicativo da SEGA – mesmo em celulares mais parrudos – e a comentários feitos por Mike Evans, CMO da SEGA Networks, em relação ao assunto.

Fragmentação, bug ou decisão burocrática?

Não é difícil encontrar nas lojas de aplicativos do Android ou iOS comentários reclamando sobre o desempenho abaixo do esperado para os jogos do SEGA Forever. Entre as principais reclamações, estão itens como áudio fora de sincronia, queda na taxa de quadros por segundo, um input lag nervoso na hora da jogatina e outros problemas que não deveriam acontecer na emulação de produções criadas há algumas boas décadas.

O problema seria a fragmentação dos sistemas mobile

Segundo Evans, muito dessa variação de performance se dá por conta da fragmentação dos sistemas operacionais mobile, em especial do Android. Esse, aliás, teria sido um dos motivos que levou a SEGA a escolher a Unity como engine para seu app, já que ela ofereceria uma ferramenta nativa para garantir uma compatibilidade mínima para diferentes dispositivos móveis – dos mais simples até os mais robustos.

Será que valeu a pena levantar do seu túmulo?

O problema com essa afirmação é que, se o hardware original dos consoles da fabricante davam conta de rodar todos esses games suavemente, smartphones atuais não deveriam nem suar para levar a mesma tarefa adiante, certo? E não são apenas modelos de entrada sofrendo com isso, mas também aparelhos como iPhone 7, Google Pixel e Galaxy S8 – capazes de rodar jogos 3D altamente complexos. Tudo fica ainda mais estranho quando se considera que a empresa tem ótimos ports para PCs, consoles e portáteis.

Com tudo isso acontecendo, por que a SEGA não foi mais flexível com o pessoal da RetroArch? De acordo com Evans, o fato do emulador estar vinculado a uma licença pública impede que a empresa possa integrar seus jogos ao software, já que ela perderia alguns direitos sobre o material no final das contas. O executivo ressalta, no entanto, que eles estão a par de alguns problemas é que futuros updates devem resolver parte deles. “É apenas o comerço do projeto”, explica Evans.

Queremos saber a sua opinião

E você, já baixou alguns dos jogos oferecidos pela coletânea? Sentiu na pele as quedas de desempenho ou tem rodado tudo sem nenhum engasgo? Curtiu a iniciativa da SEGA? Deixe a sua opinião sobre toda essa história mais abaixo, na seção de comentários, e diga qual é o seu game preferido do programa SEGA Forever.

Cupons de desconto TecMundo: