Ainda há muitas discussões sobre o impacto que a tecnologia traz aos seres humanos, mas muitos médicos concordam que a exposição a certos aparelhos em idade muito jovem pode causar problemas de desenvolvimento. Entre os profissionais que têm essa visão está o Dr. Richard House, que afirma que dar iPads a crianças com menos de dois anos de idade é uma prática que se equivale ao abuso infantil.

Segundo ele, o uso do aparelho da Apple ou de qualquer outro tablet nesse período é igual a “jogar roleta-russa com seu desenvolvimento”. Ele explica que a exposição a esses aparelhos pode fazer com que as crianças não criem uma boa distinção entre o mundo real e os universos virtuais aos quais a tecnologia permite acesso.

“Confundir essas crianças quando elas mal começaram a entender esse mundo ao introduzi-las a universos virtuais é uma reversão absurda da ordem natural das coisas”, disse ele ao Nursery World. “Se isso já acontece com adultos, imagine o quanto isso é mais relevante para crianças jovens cujos cérebros ainda estão em processo muito inicial de desenvolvimento”.

House é fundador da Early Childhood Action, organização que faz campanha para que pais não deixem crianças muito jovens brincarem com aparelhos com telas sensíveis ao toque. “Parece que a arrogância da tecnologia moderna não conhece limites. Baseado no que eu disse aqui, parece que dar iPads para bebês é equivalente ao abuso infantil”, complementou o méedico.

Cupons de desconto TecMundo: