Um time de pesquisadores na universidade de Harvard, Estados Unidos, testou o primeiro protótipo de uma luva-robótica capaz de aumentar a força das mãos. Muitas pessoas sofrem com distrofias musculares e outros problemas que as impedem de utilizar suas mãos normalmente para segurar ou manipular objetos.

O professor Neville Hogan, do MIT, explica que muitos pacientes que sofrem derrames também costumam ter dificuldades em recuperar a força das mãos, o que acaba diminuindo significativamente sua qualidade de vida e até as impedindo de trabalhar e realizar atividades simples.

O aparelho utiliza um sistema com canos de água pressurizada capazes de ajudar os dedos a se contraírem com mais firmeza. O aparelho detecta o movimento e a força aplicada pelo paciente e regula de forma homogênea a energia, permitindo assim que objetos possam ser segurados com maior naturalidade.

Os pesquisadores acreditam que uma versão final poderá chegar ao mercado nos próximos três anos. Até lá, se espera que a luva também tenha seu peso drasticamente reduzido, já que o protótipo atual pesa 3,17 kg e não é exatamente muito anatômico.

Cupons de desconto TecMundo: