(Fonte da imagem: Meiosis and Mitosis)

Pesquisadores do Albert Einstein College of Medicine, nos Estados Unidos, anunciaram nesta semana a descoberta de que o corpo humano é programado para se autodestruir em situações extremas. A explicação está no processo de síntese de proteínas.

O RNA mensageiro é o responsável por levar as informações do DNA para transformá-las em proteínas. Segundo os cientistas, em algumas situações o RNA pode interromper o processo, deixando de levar essas informações adiante, o que faz com que as células não se reproduzam ou regenerem.

As pesquisas se concentraram em dois genes, SWI5 e CLB2, que codificam proteínas e ajudam a regular o ciclo de divisão celular, quando há duplicação do material genético para posterior distribuição dele entre as duas células-filhas.

Caso seja possível identificar e controlar a maneira como o RNA mensageiro reage, a expectativa dos médicos é propor terapias de regulagem da divisão celular descontrolada, que caracteriza o câncer. O estudo ainda está em andamento e não há previsão de conclusão.

Cupons de desconto TecMundo: