A competição entre marcas concorrentes pode gerar todo tipo de animosidade. Sabotagens e espionagem industrial são práticas arriscadas, perigosas e criminosas, mas que existem e podem prejudicar muito uma empresa enquanto beneficia outra. Duas gigantes da tecnologia, a LG e a Samsung, são famosas rivais nesse mercado, especialmente por ambas serem sul-coreanas, mas um episódio ocorrido em 2014 ultrapassa todos os limites da livre concorrência.

Durante a IFA do ano passado, realizada em setembro de 2014 na cidade de Berlim, um executivo da LG foi acusado de vandalizar máquinas de lavar da Samsung. Além disso, a agência coreana Yonhap News reportou que “membros da equipe da LG foram flagrados quebrando as portas de máquinas de lavar da Samsung em lojas”, e os vendedores foram obrigados a chamar a polícia.

Sabotagem criminosa?

A novidade é que o presidente da divisão de eletrodomésticos da LG foi inocentado mais de um ano depois da acusação. Segundo a corte central de Seul, capital da Coreia do Norte, não foi possível considerar o executivo culpado, visto que a Samsung não foi capaz de provar que o homem quebrou suas máquinas de lavar, tampouco que ele tinha intenção de realizar o ato.

Para completar a “zoeira”, a LG ainda publicou uma nota oficial afirmando que “certas partes das máquinas de lavar da Samsung são vulneráveis” e, por isso, teriam sido danificadas acidentalmente. Mais uma vez, a corte coreana tomou o lado da LG, dizendo que essa afirmação não poderia ser considerada falsa. Pelo jeito, a "zoeira" na Coreia do Sul também anda sem limites.

Qual é sua marca preferida: LG ou Samsung? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: