A Samsung pode comemorar: no segundo trimestre de 2015, a companhia ultrapassou a Apple em vendas de smartphones, garantindo 26,8% da fatia do mercado, enquanto a empresa da Maçã ficou com 16,4%. Esses números podem ser traduzidos em quase o dobro de unidades comercializadas do S6e S6 Edge – que devem alcançar 50 milhões no final do ano – em relação ao Galaxy S5, provando que os aparelhos se saíram bem.

Embora as vendas pareçam aumentar cada vez mais, a indústria de celulares está sofrendo algumas ameaças de expansão. Em 2014, o mercado destes dispositivos cresceu 26,5%; neste ano, a previsão é que o crescimento atinja 8,2%, uma drástica diferença.

Na lista de empresas mais bem-sucedidas, a chinesa Huawei lidera com folga, atingindo a marca de 100 milhões de unidades comercializadas e com um crescimento anual de 40%. Se a Samsung vai conseguir manter a taxa de crescimento em alta ainda é um mistério. As companhias dependem da economia global, algo que deixa a situação bem imprevisível.

Uma das apostas da companhia coreana pode estar no Galaxy Note 5. Se o aparelho chegar a um preço relativamente acessível e atender às expectativas de um poderoso hardware, talvez a Samsung consolide uma ótima taxa de crescimento em meio à crise econômica que o mercado enfrenta.

Cupons de desconto TecMundo: