Os serviços digitais de pagamento estão em crescimento contínuo. Todos eles têm foco no universo mobile e buscam aprimorar a experiência do usuário com praticidade e ausência de burocracia. Opções como Apple Pay, Google Pay e, mais recentemente, Samsung Pay, trazem aos usuários uma nova experiência de pagamento. Mas o serviço da gigante coreana, anunciado em março deste ano junto com o Galaxy S6 e o Galaxy S6 Edge, se antecipou aos “pirateiros”: a tecnologia não funcionará em dispositivos com root.

O serviço de pagamento digital da Samsung suporta tecnologias em NFC e o novato MST, sigla para “Magnetic Secure Transmission”, um recurso novo concebido pela própria empresa para seus recentes herdeiros S6 e S6 Edge.

O Samsung Pay entra na onda dos serviços de pagamentos digitais e é interessante na medida em que, além de praticidade, traz segurança, uma vez que tudo fica armazenado digitalmente – e é uma ótima alternativa aos cartões de débito/crédito, por exemplo.

Recentemente, a Samsung iniciou um trial do recurso numa escala limitada na Coreia do Sul. Os que estiverem curiosos para conhecê-lo, no entanto, devem estar cientes de que aparelhos rooteados não poderão executar o serviço.

E quando será lançado, afinal de contas?

Os primeiros países a receber o Samsung Pay, confirmados até aqui, são Coreia do Sul e Estados Unidos. Quando o recurso foi anunciado, em março deste ano, a empresa estimou uma vaga janela de lançamento “para os próximos meses”, mas ainda não há uma confirmação de data precisa.

O mercado articula que a Samsung pode entregar o serviço no próximo mês, junto com o lançamento do Galaxy Note 5 e do Galaxy S6 Edge+. Uma vez que o recurso de pagamento digital estiver funcionando plenamente nos dois países supracitados, a ideia da companhia é expandir e outros mercados pela Europa e pela China. A América do Sul ainda não está na agenda “oficial” da Samsung, mas a tendência é que o Samsung Pay chegue por aqui naturalmente em algum momento posterior – e, desse nicho, o Brasil é, talvez, o mais proeminente.

Se um usuário com dispositivo rooteado tentar utilizar o serviço, ele será alertado por uma mensagem de erro com os dizeres “Samsung Pay foi bloqueado devido a modificação não autorizada”. Portanto, a escolha será de cada um.

Será que o serviço de pagamento digital da Samsung, o Samsung Pay, vai ficar à altura dos outros? Dê sua opinião no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: