Inicialmente projetado para estrear neste mês nos Estados Unidos e na Coréia do Sul, o Samsung Pay, método de pagamento personalizado da companhia, deve demorar mais algum tempo para chegar às lojas parceiras e aos consumidores. Se os últimos testes ocorrerem bem, o lançamento deve ocorrer em setembro deste ano.

Segundo informações do site Business Korea, a Samy tem enfrentado alguns problemas com o Magnetic Secure Transmission, sistema que transmite os dados da tarja magnética do cartão de crédito para os terminais CAT. Diferente dos concorrentes, como Android Pay e Apple Pay, a Samsung não está utilizando ativamente NFC em sua solução.

A tecnologia da Samsung grava as informações do cartão do cliente e as armazena no smartphone para despois transmiti-las para os terminais de pagamento. O método pode parecer menos sofisticado que o utilizado pela Apple e pela Google, mas garante muito mais compatibilidade com maquinas antigas, algumas das quais podem ter mais de dez anos.

Além dos problemas de pareamento com alguns terminais, o Samsung Pay também tem se mostrado problemático na hora de reconhecer a impressão digital dos clientes. De qualquer forma, levando em consideração o novo prazo anunciado pela empresa, é provável que a maioria das incompatibilidades encontradas já tenham sido solucionadas.

Cupons de desconto TecMundo: