Abandonando de uma vez por todas a Qualcomm no segmento de smartphones, a Samsung anunciou oficialmente o seu novo processador construído com base no processo de fabricação de 14nm FinFET, o Exynos 7 Octa. Segundo um executivo da sul-coreana, a tecnologia utilizada na concepção desse componente é a mais avançada que existe na indústria de smarphones.

Em comparação com os chips criados com o processo de 20 nm, esses novos processadores conseguem ser até 20 vezes mais rápidos, 35% mais econômicos e 30% mais produtivos. Adotando uma organização de transistores em 3D, a Samsung deixa de lado a estrutura plana e passa a contar um ganho de performance surpreendente para o Exynos 7. Esse método já é utilizado pela Intel em seus componentes, mas a sul-coreana é a primeira a trazer isso aos smartphones.

Quando o assunto são as memórias, a Samsung ainda continua apostando na tecnologia 3D V-NAND, utilizada desde 2013. Portanto, juntamente com a implementação dos chips baseados em 14 nm FinFET, a empresa fortalece ainda mais o seu domínio no segmento de semicondutores e planeja mostrar os resultados práticos dessas iniciativas no dia 1º de março durante a MWC 2015, quando finalmente apresentará o Galaxy S6 e Galaxy S6 Double Edge.

Cupons de desconto TecMundo: