A Samsung ainda é a maior fabricante de smartphones do mundo, mas parece que a larga vantagem que a sul-coreana tomou à frente da concorrência está começando a diminuir. Em seu relatório fiscal do terceiro trimestre de 2014, a Samsung registrou um lucro 74% menor do que o mesmo período de 2013. É o menor desde o segundo trimestre de 2011.

Os acionistas não ficaram tão surpresos com a má notícia porque a própria Samsung tinha avisado que as vendas estavam em baixa e a maior parte dos smartphones vendidos era de aparelhos intermediários e não de tops de linha, os que realmente geram lucro.

Em números consolidados, a empresa lucrou no período quase R$ 10 bilhões, contra R$ 23 bilhões do terceiro trimestre de 2013. Com isso, a fabricante já amarga o terceiro trimestre seguido com encolhimento de lucros.

Será uma crise ou um estabilização?

As vendas de smartphones caíram 22% nesses três meses do relatório e, pela primeira vez na história da companhia, o setor de semicondutores gerou mais lucro que o de smartphones. A Samsung não comenta sobre quando espera uma recuperação, mas disse que o lançamento do Galaxy Note 4 e a chegada do Natal podem melhorar os números do último trimestre deste ano.

A coreana culpa o aumento na concorrência e a alta nas despesas com marketing pelo desempenho ruim. Na Ásia, as marcas chinesas estão dando muito trabalho e, nas Américas, empresas tradicionais estão voltando a tomar importância frente a Samsung, como a Motorola e a LG.

Cupons de desconto TecMundo: