A Samsung não gosta de quantidade só no número de tablets e smartphones de todos os tamanhos e preços lançados no mercado: a companhia sul-coreana também é, entre outras gigantes da área, a recordista no número de funcionários.

De acordo com o site Arstechnica, que se baseou nos relatórios oficiais de cada empresa, a Samsung possuía 275.133 funcionários integrais em 2013. Isso significa que ela conta com mais pessoas registradas do que a soma do quadro de empregados de Apple, Google e Microsoft. A Sony, que também aparece na lista, tem um pouco menos da metade de mão de obra contratada.

A Sony, que aparece em segundo lugar no ranking, foi listada apenas na área de eletrônicos — setores de cinema e música, por exemplo, não foram levados em conta. Já a Apple possui muita gente (quase metade do total) somente na área de varejo, enquanto a Google vai perder um pequeno percentual (cerca de 3 mil pessoas) quando a venda da Motorola para a Lenovo for oficialmente aprovada.

Distribuição de pessoal

É curioso notar como a Samsung possui uma quantidade incrível de engenheiros de software: em 2013, o número era de 40.506, que é quase o quadro inteiro de funcionários da Google. A rival de Mountain View, inclusive, registrou "apenas" 18.593 pessoas no setor de pesquisa e desenvolvimento, que é a produção de software em si.

A maior concentração está mesmo na produção em massa, ou seja, em fábricas. São 159.488 pessoas envolvidas, sendo Coreia do Sul (33,5% dos registros), China (21%) e sudeste da Ásia (20%) as regiões com maior número de empregos gerados pela companhia. A América do Norte possui 3,9% dos funcionários.

E faz sentido ter tanta gente assim? Segundo o Arstechnica, a Samsung Electronics é mesmo gigante e precisa de muita gente para produzir tanta coisa ao mesmo tempo. E, mesmo assim, ela faz parte de um grupo ainda maior: até 80 companhias que são "Samsung alguma coisa", fabricando e vendendo de smartphones a contêineres de navio e planos de seguro de vida.

Cupons de desconto TecMundo: