Durante a apresentação do Galaxy Note 4 e do Note Edge, a Samsung se gabou bastante do seu sistema de carregamento rápido da bateria desses dois aparelhos. De acordo com a empresa, leva apenas 30 minutos na tomada para ambos os phablets saírem de 0% de bateria e chegarem a 50%.

Naturalmente, 50% deve ser o suficiente para fazer os dispositivos funcionarem um dia praticante inteiro longe das tomadas e conseguir isso com apenas meio hora de carregamento é realmente interessante. No Note 3, por exemplo, era necessário 55 minutos para atingir tal marca, tendo a Samsung melhorado esse tempo significativamente nos novos modelos.

Sem detalhes específicos

A empresa não chegou a especificar como exatamente essa novidade foi alcançada, mas é de se esperar o óbvio. A bateria foi construída de forma mais resistente e isso deve ter permitido aumentar a corrente do carregador dos novos Note para algum valor acima de 2 A. Fora isso, desde o Snapdragon 800, a Qualcomm incluiu no seu chip uma função para melhorar o tempo de carregamento. No modelo 805, presente no Note 4 e no Edge, essa função deve ter sido melhorada.

Outro aspecto importante sobre as baterias dos novos phablets é a sua duração. Como a resolução das telas pulou de Full HD para Quad HD, é de se imaginar que o consumo de energia vai aumentar nesse componente. Mesmo assim, como a Samsung falou tanto sobre bateria e carregamento rápido, acredita-se a autonomia do Note 4 ficará igual à do Note 3.

No Note Edge, que tem uma tela curva lateral para mostrar informações quando o aparelho está bloqueado, o tempo de autonomia deve ser um pouco melhor, já que essa parte vai funcionar como a Tela Inteligente do Moto X. De qualquer forma, só poderemos saber detalhes mais precisos quando as primeiras análises começaram a aparecer na internet.

Cupons de desconto TecMundo: