Se você utiliza ou apenas conhece o funcionamento de um iPhone, é praticamente certo que já tenha visto a Siri trabalhando — o software da Apple que é um assistente pessoal utiliza o reconhecimento de voz para aceitar comandos. O que nem todos sabem é que esse programa só existe por conta dos serviços de uma empresa chamada Nuance Communications.

A companhia em questão é especializada no desenvolvimento de produtos comandados por voz e, além da Apple, também oferece assistência para a Samsung em tablets e televisões. A novidade é que boatos apontam que a gigante sul-coreana tem interesse em comprar a Nuance, sendo que a própria companhia da Siri citou que isso seria possível, assim como noticiou o The Wall Street Journal.

Contudo, não é apenas a Samsung que tem interesse em adquirir a criadora da Siri, já que companhias de capital de risco também sinalizaram que poderiam realizar uma oferta. Os boatos ainda não deram um possível preço para que a compra seja concluída, mas a Nuance Communication é avaliada em US$ 5,5 bilhões (cerca de R$ 12,1 bilhões) e esse valor pode subir com toda a especulação.

Algumas incertezas pelo caminho...

Algo que talvez possa dificultar a compra da Nuance pela Samsung é o fato de que Carl Icahn, um grande investidor norte-americano, é o maior acionista da empresa de comandos por voz. Por conta disso, ele pode decidir por uma venda total ou parcial das ações da sua companhia, assim como influenciar no preço desses papeis ou na sua recompra, por exemplo.

No entanto, mesmo com todas essas informações disponíveis, ainda não há confirmações por parte da Samsung no sentido de assumir publicamente o interesse pela Nuance. Desse modo, só podemos esperar pelos próximos movimentos de mercado para descobrirmos o que vai acontecer entre essas duas organizações.

Cupons de desconto TecMundo: