(Fonte da imagem: Reprodução/ETNews)

Quem comprar um dispositivo da Samsung fabricado em um futuro próximo pode ter em mãos um aparelho ainda mais resistente do que aqueles que a empresa produz no momento. Segundo a ETNews, a companhia começou a testar recentemente uma “tecnologia de tratamento de superfícies baseada em diamante” para proteções feitas em metal — basicamente um revestimento para smartphones protegidos por um material semelhante ao mineral raro.

De acordo com a publicação, o novo material seria obtido a partir da exposição do carbono a um ambiente com alta temperatura e pressão elevada. Terminado esse processo, o elemento resultante seria transformado em líquido ou em pó para, em seguida, ser aplicado a proteções metálicas desenvolvidas pela companhia.

No entanto, quem espera ver a novidade aplicada ao Galaxy S5 provavelmente vai ficar decepcionado. O DigiTimes entrou em contato com fabricantes de chassis taiwanesas que afirmaram que o novo smartphone não deve contar com uma proteções metálica, já que até o momento nenhuma das fornecedoras utilizadas pela Samsung começou a lidar com algo do tipo.

Além disso, as empresas consultadas afirmam acreditar que a organização sul-coreana simplesmente não precisa investir em acabamentos mais elaborados para fazer sucesso entre o público.  Em resumo, embora haja a probabilidade de que a companhia decida mudar sua filosofia com o Galaxy S5, até o momento não é seguro apostar nessa ideia — que, como quem acompanhou notícias sobre as versões anteriores do aparelho sabe, não é exatamente uma novidade no mundo dos rumores.

Cupons de desconto TecMundo: