(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung emitiu um comunicado oficial pedindo desculpas ao consumidores chineses por "falhas de gerenciamento", que levaram a empresa a vender uma série de aparelhos com defeito no país e cobrar preços abusivos pelo conserto.

O caso foi denunciado por um programa de televisão local, que usou meia hora para revelar que chips de memória defeituosos foram usados em gadgets como o Galaxy Note 2 e o Galaxy S3. As falhas não eram cobertas pelo plano de garantia oferecido e custavam até US$ 100. "As críticas da mídia são bem-vindas. Como resultado de problemas de produção, trouxemos inconveniências aos consumidores, e oferecemos a eles nossas mais sinceras desculpas", diz o aviso.

Fora o pedido público de desculpas, que é um passo para trás na tentativa da companhia sul-coreana de invadir o mercado chinês, a Samsung anunciou que vai providenciar o conserto gratuito desses aparelhos, além de ampliar a cobertura e o tempo de garantia.

Cupons de desconto TecMundo: