(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A Samsung Display parece cansada de disputas judiciais envolvendo propriedade intelectual e o registro de patentes em tablets e smartphones. Em vez de realizar pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias apenas na Coreia do Sul, país de origem da companhia, agora ela também terá um laboratório em solo norte-americano.

Trata-se da recém-lançada Intellectual Keystone Technology (IKP), uma companhia filiada à Samsung com foco em pesquisa, registro e criação de patentes em displays OLED e LCD. De acordo com o Korea Times, a ideia não é só melhorar a qualidade dessas peças, mas também diminuir o número de brigas com concorrentes por causa de direitos de uso.

O lançamento da empresa teria custado cerca de US$ 25 milhões – e, de brinde, ela ainda levou as 123 patentes que antes pertenciam à antiga dona, a Seiko Epson, que incluem tecnologias envolvendo semicondutores e telas compostas por várias camadas de materiais. A partir de agora, a ideia é que a IKP aumente ainda mais o catálogo de registros, tirando um pouco da dor de cabeça da Samsung na área.

Cupons de desconto TecMundo: