Chineses gostam das marcas caras, mas compram as mais baratas. (Fonte da imagem: Reprodução/AllThingsD)

Nos primeiros meses do ano passado, a China se tornou a maior consumidora de smartphones e celulares do mundo, deixando os EUA e outros países comendo poeira. Entretanto, mesmo fazendo sucesso no país asiático, as duas maiores fabricantes do setor no mundo perdem em vendas para as marcas locais. Dessa forma, Samsung e Apple são grandes desejos e, na hora da compra, o bolso faz os chineses optarem por Huawei e companhia.

Pelo menos isso é o que pensa o analista de mercado CK Lu, que conversou com o Olhar Digital. De acordo com ele, a Ásia será o mercado dominante no segmento dos smartphones até 2015. Para isso, ele conta com a adoção dos smartphones pela camada mais pobre do continente.

A partir disso, ele analisa a forma como as marcas locais estão se tornando populares na China. Elas vendem bem, mas tanto as pessoas de classes altas ou de baixas são fãs da Samsung e da Apple. “As demais fabricantes (de fora) são caras demais para o grande público”, explica Lu.

Mesmo assim, ele faz ressalvas em suas previsões. Isso porque mercados de crescimento no setor móvel também podem se destacar ainda mais e desconcentrar o consumo da Ásia. “O Brasil, por exemplo, também tem um cenário semelhante ao da China. O país também é um mercado aberto e tem tido um grande aumento na demanda,” comenta.

Cupons de desconto TecMundo: