Áudio direcional e 3D ajustável fazem parte das novas invenções da Samsung (Fonte da imagem: Patent Bolt)

A guerra entre Apple e Samsung parece estar longe de acabar. Além das incríveis marcas de venda do Galaxy S3 e a promessa de que o iPhone 5 será o maior lançamento da história dos eletrônicos, a peleja tem corrido solta também nos tribunais, chegando inclusive ao ponto de proibir a venda do Galaxy Tab em países da União Europeia.

Entretanto, pode ser que dessa competição tão acirrada surjam avanços tecnológicos que farão brilhar os olhos dos consumidores e viciados em gadgets. Um exemplo disso são as patentes da Samsung divulgadas pelo site Patent Bolt. No artigo, são descritos dois novos recursos que podem estar presentes nos próximos lançamentos da empresa: um sistema de som direcional e uma interface 3D que detectará “toques” próximos à tela.

Só escuta quem estiver na posição certa

Caixas eletrônicos têm uma função interessante: normalmente o seu display é visto apenas por quem está logo à frente dele. Se um espertinho tenta olhar pelos lados, a imagem não é tão clara. Agora, imagine se isso pudesse ser feito com o som: no ônibus, só o dono do celular estaria ouvindo o “batidão”, mesmo sem usar fones de ouvido, e outras pessoas que estivessem próximas a ele não ouviriam a música.

Com novo sistema, apenas quem estiver na direção certa ouve o som do celular (Fonte da imagem: Patent Bolt)

Bom demais para ser verdade? Pois saiba que essa é, exatamente, uma das novas patentes da Samsung. Com dois conjuntos de emissores que transmitem o áudio tanto pela parte frontal quanto traseira do aparelho, a Samsung espera que os consumidores possam curtir suas músicas sem que fiquem completamente isolados do ambiente ao redor, percebendo outros ruídos.

Essa patente foi preenchida no terceiro trimestre de 2011 e publicada no segundo trimestre de 2012.

Interação com imagens 3D

Mesmo que dispensem o uso de óculos especiais, as interfaces tridimensionais em dispositivos móveis não são mais novidade. Porém, a Samsung pretende trazer uma funcionalidade muito bacana à tecnologia.

Interação com a interface sem tocar realmente na tela (Fonte da imagem: Patent Bolt)

Imagine que você esteja assistindo a um filme em 3D e, de repente, precisa pausar o vídeo. Com a visão acostumada aos efeitos que saltam para fora da tela, pode ser que você pressione o ar em vez de tocar a tela verdadeiramente. Mas, com a patente da Samsung, mesmo assim você acabaria pausando o vídeo.

Além de uma tecnologia que fornece diversos níveis de profundidade, a empresa também planeja o que está chamando de “near touches”, ou seja, toques próximos ao display a uma distância pré-determinada da tela. Dessa forma, você poderá interagir com os objetos exibidos e não com o touchscreen em si.

Outra novidade: ajuste independente da profundidade de um objeto (Fonte da imagem: Patent Bolt)

De acordo com outra imagem da mesma patente, será possível também ajustar o nível de profundidade de um elemento em particular. Na figura acima, por exemplo, é possível ver que apenas a imagem que ilustra o texto fica em 3D, depois de um toque. Assim, você pode destacar ou dar mais visibilidade a um objeto sem distorcer a formatação do restante da tela.

Fonte: Patent Bolt

Cupons de desconto TecMundo: