Novos rumores vindos de fontes não reveladas do site The Investor indicam que a Samsung pode estar se preparando para trazer chips com tecnologia de 6 nanômetros a partir do começo de 2019. A ideia, com isso, é reduzir parte do investimento da companhia em sua linha de produção para chips de 7 nm, sendo que a instalação das duas primeiras máquinas de litografia devem ser instaladas ainda em 2017, enquanto outras sete chegariam em 2018.

Quem vem acompanhando as últimas notícias do TecMundo possivelmente já deve imaginar um dos principais motivos para essa decisão. Estamos falando, é claro, do fato de a Qualcomm ter “abandonado” a Samsung em favor da TSMC para a fabricação de seus chips de 7 nm, o que deixou a gigante sul-coreana em uma situação bastante desfavorável.

O que isso deve significar para nós? Provavelmente que veremos a companhia apenas fabricando chips de 8 nm para o próximo ano. Talvez, no máximo, com alguns chips de 7nm dando as caras na linha Exynos da companhia.

Estratégia arriscada, mas que recompensa

A um primeiro olhar, essa pode parecer uma estratégia pouco eficiente, já que a Samsung deve sofrer para se destacar com essa tecnologia. A longo prazo, porém, essa pode ser uma decisão importante, já que, em 2019, ela teria seus chips de 6 nanômetros, enquanto a TSMC traria opções de apenas 7 nanômetros.

Considerando como essa redução de tamanho melhora tanto o consumo de energia quanto o poder de processamento dos chips, fica difícil não imaginar que a Samsung vai ter uma vantagem e tanto no mercado.

Cupons de desconto TecMundo: