Anunciado recentemente pela Qualcomm, o Snapdragon 835 pode demorar mais tempo do que imaginávamos para chegar ao mercado graças à Samsung. Relatos indicam que a fabricante sul-coreana está usando seu poder para monopolizar todos os carregamentos do chipset, impedindo que concorrentes o usem em seus dispositivos.

Entre os fatores que ajudam nessa concentração está o fato de que a fabricante sul-coreana é a encarregada direta de produzir os novos chips. Com isso, aumentam os indícios de que o novo hardware deve fazer sua estreia em grande escala através do Galaxy S8, aparelho, que pode ser lançado no dia 14 de abril deste ano.

A situação obrigou fabricantes como a LG e a HTC a equipar seus novos aparelhos com o Snapdragon 821 — que, embora poderoso, não é mais considerado o produto “top de linha” do mercado. Isso deve dar à Samsung algumas vantagens na hora de promover seu novo smartphone, mesmo que não haja indícios de que o novo hardware apresente diferenças chocantes de desempenho em relação a seu antecessor.

Cupons de desconto TecMundo: