A Xiaomi tornou-se a maior vendedora de smarphones da China, ultrapassando a Apple depois de seis meses de liderença. De acordo com as informações da Canalys, empresa que analisa dados da indústria, a empresa abocanhou 15,9 por cento do mercado, considerando o período de março a junho de 2015.

Outra empresa que ascendeu rapidamente foi a Huawei, que conseguiu o segundo lugar nas vendas e está colada na Xiaomi, com 15,7% do mercado de smartphones. Dessa forma, a Apple despencou duas posições e agora detém o terceiro lugar nas vendas, seguida por Samsung e Vivo.

O brasileiro Hugo Barra, vice-presidente internacional da Xiaomi

O resultado é muito similar ao apontado por outro instituto de pesquisa, o Contraponto Research, que posiciona a Xiaomi em primeiro lugar com 15,8%, a Huawei com 15,4% e a Apple com 12,2%.

“A competição entre as principais marcas nunca foi tão intensa” afirmou Jingwen Wang, analista da Canalys, em um comunicado

A Huawei registrou o maior envio de smartphones da história, enquanto Apple e Samsung aumentam suas atividades de vendas no país, expandindo rapidamente a cobertura através de lojas próprias e pequenos varejistas.

Já a Xiaomi agora foca seus olhos em outros mercados, como Rússia, Brasil, Oriente Médio e América Latina, depois de se expandir rapidamente por outros países asiáticos. Os Estados Unidos ainda continuam fora da rota, mas a empresa realizou um evento teste em fevereiro. 

Cupons de desconto TecMundo: