Depois que a Samsung decidiu encerrar a produção do Galaxy Note 7, a empresa ficou fadada a ter que lidar com o enorme prejuízo financeiro e de reputação causado pela falha do aparelho. Por conta disso, recentemente começaram a surgir rumores indicando que a fabricante poderia antecipar o lançamento de seu próximo smartphones top de linha, o S8, para diminuir os danos. Agora, no entanto, a empresa se pronunciou oficialmente para negar esses boatos.

De acordo com o site coreano Etnews, a companhia não alterou seu cronograma original de liberação de aparelhos e continua pretendendo revelar seu próximo dispositivo de ponta somente da MWC 2017, marcada para acontecer em Barcelona, na Espanha, em fevereiro. “Mesmo antes de lançarmos o Galaxy Note 7, já tínhamos planos separados de anunciar o S8. Empurrar a data mais para perto de repente seria algo realmente impossível”, teria dito um executivo de alto escalão da Samsung.

Representantes da Samsung disseram que adiantar o lançamento do S8 seria impossível

Para se recuperar do baque causado pelo fiasco do Note 7, a companhia decidiu que primeiro vai focar sua atenção em descobrir o que está fazendo o phablet explodir e em recuperar a confiança do público. A fabricante afirma ainda que planeja focar o máximo de sua capacidade no desenvolvimento do S8, dando atenção especial para a segurança.

Segurando as pontas

Enquanto o novo smartphone da linha S não chega, a Samsung pretende suprir a demanda por aparelhos de ponta por meio o oferecimento de um novo modelo do Galaxy S7 Edge, na cor Azul Coral. De acordo com fontes da indústria, o aparelho virá com versões de 32 e 64 GB de armazenamento, custando respectivamente 924 mil e 968 mil wons sul-coreanos (cerca de R$ 2.554 e R$ 2.676, em conversão direta).

A novidade chega à Coreia no dia 4 de novembro e a Samsung disse que tinha planos de que ela chegasse ao mundo inteiro na mesma data, mas isso não será possível devido questões de fornecimento. Por enquanto, o único outro país com previsão de quanto vai receber o novo modelo do S7 Edge é Singapura, onde a variante de 32 GB deve chegar no dia 5 do mesmo mês.

O S7 Edge ganhará modelo na cor Azul Coral para suprir a demanda por aparelhos premium

Já quanto aos dispositivos de entrada e intermediários, a empresa vai trazer a versão 2016 do seu Galaxy On7, que deve sair na Coreia do Sul por 300 mil wons – em torno de R$ 829, desconsiderando impostos. A companhia não revelou planos específicos com relação ao Brasil, mas ficaremos atentos a mais novidades.

Cupons de desconto TecMundo: