Pode ser que a Samsung abandone a produção de novos Galaxy Note 7, como já noticiamos aqui. Porém, no momento, a questão é outra: o que a companhia vai fazer com as milhões de unidades do Note 7 que forem devolvidas? Veja bem, não é só uma questão "ecológica", afinal a carcaça e a tecnologia presente nestes aparelhos ainda vale algum dinheiro.

De acordo com os dados apresentados até o momento, a Samsung já entregou cerca de 2,5 milhões de unidades do Galaxy Note 7. E o que ela vai fazer com elas? Um porta-voz disse o seguinte: "Nós temos um processo em curso para descartar esses celulares". Ou seja, as 2,5 milhões de unidades, se forem devolvidas, serão jogadas no lixo.

A decisão é até inesperada. Normalmente, grandes companhias pegam smartphones descartados por usuários e planejam — caso o reparo não funcione — um recondicionamento da unidade. Caso isso também não entre na equação, em último caso, o processo é extrair tudo que pode ser reusado de um gadget; processadores, memórias, tela, circuitos, chassi etc.

  • Um estudo diz que a Samsung usou mais de 220 quilos de materiais minerais raros na produção dos Galaxy Note 7

O Motherboard fez uma reportagem bem elaborada mostrando o impacto ambiental que o Galaxy Note 7 vai causar, e você pode ler clicando aqui. Ainda, ela mostra um infográfico interessante com dados sobre os efeitos do Galaxy S6. Veja:

Impacto do S6

Cupons de desconto TecMundo: