Desde que o Galaxy Note 7 foi anunciado, muita gente esperava pelo dia em que ele seria lançado efetivamente aqui no Brasil. Com hardware de ponta e design incrível, ele prometia muitos avanços em relação aos concorrentes do mercado. Mas como você já deve estar cansado de saber, o sucesso do dispositivo foi rapidamente comprometido pelo problema das baterias explosivas.

A fabricante tentou fazer um recall e substituir peças defeituosas, mas mesmo assim os erros continuavam surgindo. Unidades supostamente seguras seguiram explodindo e não sobrou outra alternativa para a Samsung... Até que no dia 10 de outubro a empresa sul-coreana confirmou que os Galaxy Note 7 seriam descontinuados — sugerindo que os consumidores deixem de usar o aparelho imediatamente.

E quem estava esperando pelo smartphone para trocar de aparelho vai precisar buscar outras opções. Mas qual seria a melhor do mercado? Hoje, trouxemos vários nomes que podem substituir o Galaxy Note 7 no seu coração — e sem oferecer riscos. Vale dizer que nenhum oferece exatamente o que o modelo da Samsung prometia, mas há vários recursos atendidos. 

Importante: os smartphones estão ordenados por ordem alfabética da fabricante, sem distinção de ranking por desempenho ou preço. Todos os modelos estão à venda no Brasil ou devem chegar aqui ainda em 2016.

1. Apple iPhone 7 Plus

O smartphone top de linha da Apple tem tela de 5,5 polegadas e promete ser o “aparelho profissional” da fabricante norte-americana. Ele não conta com uma stylus própria para o acesso a funções especiais, mas já permite a utilização de várias funções sincronizadas a aplicativos e serviços de produtividade.

A câmera do iPhone 7 Plus tem lentes duplas e pode ser uma excelente pedida para quem quer mais qualidade na captura de fotografias. Também há destaques para o fato de o aparelho ser à prova de água e trazer novos speakers de áudio estéreo para ampliar as possibilidades de utilização.

2. ASUS Zenfone 3 Deluxe

Se você gosta mesmo é de especificações de hardware, fica difícil não falar sobre o ASUS Zenfone 3 Deluxe. O modelo conta com tela de 5,7 polegadas e resolução Full HD — o que garante maior autonomia de bateria —, além de componentes de altíssimo nível. No topo das especificações, o smartphone da ASUS oferece processador Snapdragon 821 e 6 GB de RAM.

Este modelo não é considerado o principal do mercado pela ASUS, pois seu valor deve ser um pouco restritivo — o ASUS Zenfone 3 segue como o flagship. Mesmo assim, ele pode ser uma excelente alternativa para quem estava pensando em desembolsar os altos valores que seriam cobrados pelo phablet da Samsung — R$ 4.299.

3. LG G Flex 2 / LG G5 SE

Há duas opções para quem não quer abrir mão da LG. Lançado em 2015, o G Flex 2 não é o modelo mais forte do mercado, mas garante bons resultados ainda hoje. O aparelho conta com processador Snapdragon 810 e 2 GB de RAM, que conseguem satisfazer quem não é tão exigente com a performance — sabendo que o aparelho não vai oferecer o topo de desempenho por muito tempo.

O segundo modelo é o LG G5 SE à venda no Brasil. Ele também não conta com o hardware mais avançado — lembrando que a versão brasileira é capada em relação à dos Estados Unidos —, mas consegue oferecer resultados satisfatórios em vários momentos. O modelo mais potente da LG atualmente é o LG V20, mas ele possui a distribuição bem limitada e não deve ser possível encontrá-lo no Brasil.

4. Motorola Moto Z

A família mais aceita pelo público em 2016 pode ser a Moto Z — com Z Force, Z e Z Play. Aqui no Brasil, somente os modelos Moto Z e Moto Z Play estão à venda e ambos oferecem resultados bem legais — incluindo espessura de apenas 5,19 mm no primeiro e até dois dias de bateria no segundo.

O Moto Z conta com processador Qualcomm Snapdragon 820 e 4 GB de memória RAM, trazendo várias possibilidades bem legais para os profissionais — incluindo módulo projetor e de bateria extra para quem precisa fazer grandes apresentações ou de autonomia para grandes jornadas de trabalho.

5. Samsung Galaxy S7 Edge

As funcionalidades do Galaxy S7 Edge não são exatamente as mesmas do Note 7. Ele tem tela menor, menos recursos profissionais e não traz a caneta integrada S Pen. Mesmo assim, a estabilidade do sistema e os bons recursos dele podem ser uma excelente pedida para todos os consumidores.

Vale lembrar que os recursos de hardware são bem parecidos, uma vez que o modelo conta com chip Exynos 8890 e 4 GB de RAM. Trata-se de uma ótima alternativa para quem é apaixonado pela Samsung e quer continuar explorando ao máximo as possibilidades da fabricante.

6. Samsung Galaxy Note 5

Nós mostramos aqui vários celulares de alto nível, mas existem alguns recursos que somente os Galaxy Note podem oferecer. Isso é liderado pela caneta S Pen e seguido pelas várias funcionalidades que são permitidas pela utilização da caneta — incluindo anotações, acessos facilitados por atalhos e ativação de funcionalidades profissionais.

E se você quer isso em seu dispositivo, hoje só existe um modelo de alto nível com hardware de qualidade — não top de linha, mas ainda muito bom — e funcionalidades avançadas: o Galaxy Note 5, da própria Samsung.

É importante lembrar que, apesar do nome, o Note 5 foi lançado no ano passado, sendo o antecessor direto do Note 7. Pois é, não existiu um Galaxy Note 6.

7. Sony Xperia XZ

O modelo da Sony foi anunciado um pouco depois de seus concorrentes, já em setembro de 2016. Ele conta com tela de 5,2 poleadas e resolução Full HD, tendo ainda chip Snapdragon 820 e 3 GB de RAM. Mas o grande destaque fica com a câmera traseira do aparelho, que tem sensor para capturas de até 23 megapixels e foco automático com detecção de fases.

Outros destaques ficam por conta da resistência à água e também da interface adaptativa do Android personalizado. Com ela, o aparelho consegue aprender os costumes do usuário para oferecer sempre dicas contextualizadas e mais adequadas a cada consumidor.

........

Será que algum destes aparelhos vai roubar seu coração ou você estava mesmo inclinado a mudar para o Galaxy Note 7?

Cupons de desconto TecMundo: